Escola de Frankfurt

Resumo sobre a Escola de Frankfurt e como consequência o Marxismo Clássico.

登録は簡単!. 無料です
または 登録 あなたのEメールアドレスで登録
Escola de Frankfurt により Mind Map: Escola de Frankfurt

1. História para Marx: é um processo de criação, satisfação e recriação contínuas das necessidades humanas. Estado para Marx: uma força externa da sociedade que se colocaria acima da mesma. Sociedade comunista: o socialismo seria uma etapa intermediária entre o Estado burguês e o Comunismo. Numa sociedade comunista não haveria mais a divisão da sociedade em classes, dando fim ás injustiças sociais. Sendo assim a "Ditadura do Proletariado", caracterizada por: absorção das funções sociais destinadas ao Estado. No fim, o governo proletário cederia em função de uma sociedade comunista, quando o Estado e as propriedades seriam extintas permanentemente.

2. Teoria Marxista: a teoria marxista tem os níveis filosófico, econômico, político e sociológico, com a ideia de "transformação permanente". O marxismo também foi gestado a partir de três tradições intelectuais desenvolvidas na Europa do século XIX, como: - o idealismo alemão de Hegel; - a economia-política de Adam Smith; - a teoria política do socialismo utópico, de autores franceses.

3. Marxismo e sua influência: inspirando muitas revoluções pelo mundo, um exemplo foi a bolchevique protagonizada por Vladimir Lenin e Leon Trotsky, na Rússia decadente de 1917. E após a Segunda Guerra Mundial, com suas ideias sendo adotadas na República Popular da China, no Vietnã, na Alemanha Oriental, na Polônia, na Hungria, na Bulgária, na Iugoslávia, na Checoslováquia, na Coreia do Norte e em Cuba.

4. Correntes marxistas: as principais sendo: a social democracia (presente até hoje) e o bolchevismo, que acabou por ser extinto com o fim da União das Republicas Socialistas Soviéticas.

5. O trabalho é considerado por Marx e Engles como a chave da sociedade. Assim, toda a história da humanidade passaria pela tensão entre os donos e quem apenas poderia realizar a tarefa. Logo a luta de classes para a teoria marxista seria o coração da história. Com a produção dos bens materiais sendo o fator condicionante da vida social, intelectual e política. Marx e Engles refletiram sobre as relações humanos e as instituições que regulavam as sociedades, como: a propriedade privada, a família, o governo, a igreja, dentre outras. Surgindo os princípios que são a base do marxismo, também chamado como "socialismo científico". Já o "socialismo utópico": teorizava sobre os meios capazes de solucionar a diferença entre os membros do proletariado e da classe burguesa dominante. Assim inspirando várias correntes que desejavam mudar, como: anarquismo, socialismo e o comunismo, dentre vários outros.

6. Principais pensadores: - Max Horkheimer (1895-1973) - Theodor W.Adorno (1903-1969) - Herbert Marcuse (1898-1979) - Friedrich Pollock (1894-1970) - Erich Fromm (1900-1980) (Com o maior colaborador sendo Walter Benjamim (1892-1940, com o principal membro da segunda geração sendo Jürgen Habermas).

7. O componente "crítico" e "dialético" da teoria frankfurtiana são fundamentais para elaboração de um arcabouço teórico. Teoria tradicional: positivista e cientificista, sendo o principal atributo a razão instrumental. Teoria crítica: busca a mudança e emancipação do ser humano por meio do esclarecimento. A teoria crítica busca situar-se ela mesma fora das estruturas filosóficas limitadoras. Auto-reflexão: outro sistema criado pela Escola de Frankfurt, explica os meios de dominação e aponta os modos de superar. Um dos intuitos da mesma é chegar até uma sociedade racional, humana e livre. Assim o método dialético consuma-se um método autocorretivo para as ciências que utilizam este processo de pensamento.

8. A Escola de Frankfurt foi fundada em 1923. A postura dos teóricos esteve contra o determinismo comum às teorias positivista. Foram inspirados por pensadores como Kant, Hegel, Marx, Freud, Weber e Lukács, assim os "frankfurtianos" foram marcados pela influência marxista.

9. Principais obras: muitas partes dos escritos da Escola de Frankfurt foi publicadas na revista científica do grupo "Zeitschrift für Sozialforschung". Mas existem outras obras que se destacaram, como: - Teoria Tradicional e Teoria Crítica (1937) - Cultura e Sociedade (1938) - Dialética do Esclarecimento (1944) - Minima Moralia (1951)

10. Marxismo Clássico